terça-feira, 23 de abril de 2013

E quando a lua cheia chegar ...

E ela já se apresenta no céu. 
Cresce a cada dia enchendo-se de luz.
Em breve estará plena, luminosa, radiante e cativante.
Iluminado a noite e a vida de quem para ela olhar.

E você, porque insiste em viver na escuridão,
se a vida pulsa plena em seu ser num convite à plenitude?
Porque deixar-se morrer
se vós também sois luz?!

Plenifica-te na perseverança
Fortifica-te na confiança
Enxerga a vida com olhos de aprendiz
E te permite, enfim, ser feliz.

E quando a lua cheia chegar essa semana,
te entregas apenas ao prazer de contemplá-la.
Agradecendo ao Criador o aprendizado com a natureza que te mostra como renascer.
E tira esse ar de choro e vai viver e crescer. 

quarta-feira, 17 de abril de 2013

O rio e a cidade


A cidade ainda dorme, 
mas tu já a espelhas em tuas águas.
Contemplas de forma serena a chegada de mais um dia
de forma tranquila, vês a cidade despertar.

E nas tuas margens daqui a pouco a vida regurgitará.
Milhares de pessoas, sonhos, desejos passarão ao teu lado,
vidas diversas se revelarão nesse caminhar,
muitas nem irão te olhar.

Mas tu estás ali,
calmo, sereno, refletindo a cidade que te cerca,
embelezando a paisagem que te rodeia,
rio presente, como um espelho, mostrando sempre a gente. (17.04.13)

sexta-feira, 12 de abril de 2013

E num raiar do dia ...


E ao fundo tudo está cinza
parece que não haverá esperança de luz hoje.
Contemplo ao longe o infinito e pergunto:
o que será desse dia?

De repente, olho mais uma vez o horizonte
e percebo que por entre as árvores pequenos raios de luz brotam
como se eles quisessem me dizer,
"filha, daqui a pouco a gente volta".

Sim, nuvens e cinza fazem parte da vida.
Assim como o branco, o preto, o amarelo, o azul.
Dependendo do momento e da hora
a vida dá o tom da cor.

Mas apenas de uma certeza eu sei.
Que mesmo que o dia aparentemente esteja sem cor
nada, absolutamente nada segura o amor
do Divino com a sua criação.

Por isso, mesmo entre aparentes nuvens
em algum momento rompe o sol as barreiras.
Trazendo nova aurora aos corações e à vida
mostrando que nada supera a força da luz.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

O que é a perfeição?

O que é a perfeição? 
Eis um conceito tão complexo e, ao mesmo tempo, tão simples.
Poderia eu te dar diversos exemplos do que ele significa,
mas apenas limito-me a filosofar.

Porque perfeição pode ser tudo e também nada.
Pode ser apenas uma simples caminhada numa manhã banhada pelo orvalho,
cheirando a grama fresca e com barulho de água,
com pássaros cantando e sol a brilhar.

Perfeição pode estar naquilo que não vejo, mas sinto
num sentimento que brota do íntimo
quando me sinto asserenar e posso sem medo
a vida apenas contemplar.

Mas, perfeito também
pode ser o encontro de duas almas
o tocar de duas palmas 
numa tentativa muda de se amar.

Perfeição é olhar além do corpo de alguém.
Porque nenhuma forma por mais bela que seja aos olhos
consegue suplantar a força que brota de dois sentimentos
quando esses conseguem se encontrar.

Belo e perfeito não é o teu corpo que com o tempo fenece.
São as palavras que de ti brotam e que me aquecem.
É o que vem de dentro de ti,
e que eu em minha humilde percepção tento sentir.

Perfeição
é tudo aquilo que faz o coração bater mais forte
ou quem sabe, asserenar de tal sorte
que basta apenas ser e existir para que eu me sinta feliz.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Antes de partir ...

Antes de partir te deixo algumas palavras, 
ou até quem sabe pequenas rimas,
de alguém que por ti teve grande estima,
mas que agora sabe que a hora é de seguir.

Antes de partir te digo,
que meu coração partido
hoje prepara-se para colar
e novamente pensar em amar.

Antes de partir te digo
que vivo além de ti
que aprendo agora realmente o que é existir
e verdadeiramente a me amar.

Antes de partir te conto
que foi muito bom o nosso encontro
que algo de bom ficou no todo
algo construído aqui dentro de mim.

Mas antes de partir te digo
que pior do que não amar
é não ter a coragem de um fim colocar
naquilo que o tempo já desgastou.

É por isso que, antes de partir te digo.
Parto feliz a um novo encontro.
Parto ao reencontro de mim mesma.
Parto com a definitiva vontade de ser feliz.