terça-feira, 2 de outubro de 2012

O dia que se vai


E da janela do meu quarto vejo o dia que se vai.
Mais um dia, mais histórias, 
mais uma realidade que se finda. 

Ao som de uma bossa deixo-me levar pelo entardecer. 
Em breves minutos será apenas anoitecer, 
será calma, será noite, será luar. 

São luzes que brilham, estrelas que surgem, sons que se acalmam.
E a vida se despedirá de mais um dia com a beleza de mais uma noite. 
Mais uma bela noite no agreste da vida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário