segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

A presença da ausência 2...

Quando a ausência se faz presente
ela deixa de ser ausência e passa a ser vivência.
Ela deixa de seu um vácuo para ser preenchida por um desejo
ela passa a fazer parte de mim, mesmo se eu não te vejo.

Daí não estás mais ausente,
estás presente na tua ausência que me prende
estás perto mesmo estando ausente
dentro do meu peito que, mesmo de longe, te sente.

Coisa mais engraçada é isso.
Quando pensamos que vamos esquecer uma pessoa
ela volta a se fazer presente, mesmo estando longe.
Porque a sua ausência nos faz lembrar sempre
do amor que temos e que não desaparece de repente,
apenas porque ela está ausente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário