sábado, 15 de dezembro de 2012

Das coisas do céu e da terra ...

Fico a olhar a vida
sem as vezes enxergá-la.
Parece que contemplo um filme
que pelos meus olhos passa.

Coisas do mundo não conheço
por algumas, nem mesmo tenho apreço.
Gosto mesmo é de olhar as estrelas
num encanto que não tem preço.

Quem só olha as coisas da terra
e não ganha tempo olhando as belezas do céu
perde tempo e perde vida
morre antes de solidão e ao léu.

Eu mesmo estando sozinha, nunca estou só
tenho minhas amigas estrelas por companhia
e quando o céu quer encher-me de magia
estampa a lua cheia no seu manto de ébano.


Nenhum comentário:

Postar um comentário