quarta-feira, 17 de abril de 2013

O rio e a cidade


A cidade ainda dorme, 
mas tu já a espelhas em tuas águas.
Contemplas de forma serena a chegada de mais um dia
de forma tranquila, vês a cidade despertar.

E nas tuas margens daqui a pouco a vida regurgitará.
Milhares de pessoas, sonhos, desejos passarão ao teu lado,
vidas diversas se revelarão nesse caminhar,
muitas nem irão te olhar.

Mas tu estás ali,
calmo, sereno, refletindo a cidade que te cerca,
embelezando a paisagem que te rodeia,
rio presente, como um espelho, mostrando sempre a gente. (17.04.13)

Nenhum comentário:

Postar um comentário