terça-feira, 23 de julho de 2013

Em plena serra ...

Estou no meio da serra. 
Do alto contemplo a cidade.
Pequenos pontos de luz encravados na encosta.
Vidas que dormem na madrugada.

Em meu entorno a natureza exuberante.
Vida pura, pujante.
Que delícia ver o céu límpido,
apenas iluminado pela lua.

Estrelas cintilam no céu azulado.
A brisa fria envolve meu corpo.
Sinto a vida plena que pulsa.
Mergulho na beleza, sinto-me plena.

O vento frio beija o meu rosto.
O vinho me embriaga em seu sabor.
Amo apenas sentir a vida,
em todo o seu fulgor.

Texto escrito em Triunfo-PE, no dia 19.07.13

Nenhum comentário:

Postar um comentário