sábado, 3 de agosto de 2013

Na beleza da aurora ...

E o dia hoje amanheceu estrelado.  
No céu uma lua minguante, acompanhada de pequenas estrelas, assistia com carinho a chegada do sol, da luz.
Naquele momento não havia pressa, não havia ansiedade. 
Apenas a calmaria e a doçura do maravilhoso despertar da vida.

Na noite que se tornava mais clara, todos dormiam.
Os pássaros ainda não cantavam. Apenas um galo, ao longe, dava seu sinal de vida.
Uma brisa fresca tocava meu rosto enquanto eu caminhava.
Era mais um dia que nascia.

E na sabedoria da natureza que me cerca, contemplo a beleza da Criação.
Que sábia e doce alterna os momentos de paz e de agitação.
Sinto a brisa mansa que toca o meu rosto...
Sinto a vida que nasce e que preenche a imensidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário