sábado, 31 de agosto de 2013

Não estou fazendo aniversário, estou fechando ciclos ...

Pois é.
Antes que perguntem, já acordei depois que nasci. Hoje o povo teve "pena" de minha pessoa e não me acordou às 4h da matina, só às 5h.  kkkkkk

O sábado amanheceu com toda cara de fechamento de ciclos. E nada como uma música clássica, Debussy preferencialmente, para começar esse dia.

E  lá se passaram mais sete anos ...
De sete em sete anos fechamos um ciclo de vida e hoje fecho "7x6", ou seja, já cruzei o cabo da boa esperança e faz tempo!!!!  =)

E esses últimos sete anos foram daqueles bem intensos!! Muitos aprendizados, alegrias, conquistas, perdas e também determinações. Hoje quando fecho esse período vejo que realmente a vida é cíclica e que, de tempos em tempos, a gente se reencontra com coisas ou pessoas.

Acho que um dos grandes ganhos desse período é aprender a ter qualidade e não quantidade de coisas ou pessoas na vida e, também, entender que tem coisas que só a gente pode fazer por nós mesmos. E uma das mais importantes é aprender a se amar, a gostar do que se é.

Esse aniversário veio com cara de "fechamento" mesmo.
Não apenas mudo de data de vida, mas também mudo de trabalho e de função mostrando, claramente, que um ciclo se fechou em minha história. A partir de segunda-feira, dia 2, passo a ancorar o programa CBN Total, da Rádio CBN Recife, pelos 97,1FM. Deixo o trabalho de reportagem, algo mais braçal, corrido, dinâmico, para encarar o estúdio, os ouvintes e os entrevistados. Uma mudança que chega numa hora bacana, quando acho que tenho condições de dar conta. Novo emprego, novos desafios, novos aprendizados. Que bom!

Mas isso também traz uma perda: vou deixar o convívio diário com amigos e colegas de profissão que faziam das minhas manhãs algo delicioso na rua. As esperas intermináveis nas coletivas onde a gente aproveitava para rir muito, conversar, reclamar, mas curtir. Ai, gente, vou sentir falta das piadas, das paródias, dos stress para conseguir "gravar com o governador", a ansiedade pela pergunta da turma de política que podia render uma matéria a mais. Mas, não vou sentir falta do cheiro de fumaça dos incêndios não, tá?! Nem dos protestos com pneus queimando, das balas de borracha, nem dos gases lacrimogênios. kkkkkkkkkk  Por isso, nessa mudança, deixo um beijo mais do que carinhoso a todos os meus companheiros de rua e de redação, na Rádio Folha. Saudades roxas de vcs!!

Nesse momento de transição impossível não lembrar do meu pai, Edilson Torres, que foi um dos maiores comunicadores do rádio pernambucano. Começou nos carros de som de Otoni, em Vítória de Santo Antão, depois veio para o Recife e começou a trabalhar como repórter na Rádio Clube de Pernambuco nos anos 70. Logo em seguida estava como noticiarista (naquela época tinha essa função, ou seja o cara que lia as notícias) e chefe na redação. O cara coordenava oito repórteres simultaneamente só no horário da manhã, pode?!! Ai muita coisa mudou no rádio pernambucano. 

Veio o primeiro jornal do rádio, às 6h da manhã e ao meio-dia, o "Mundo em Suas Mãos", no qual o Redator de Plantão, da Rádio Jornal, se inspirou. Veio "Gino César e seu Plantão de Polícia". E veio a Super Manhã com quatro horas de programa, onde estava incluso o primeiro programa humorístico e de cultura, a velha "Hora do Fuá" com o Profº Ranço, Pai Gay e tantos outros personagens que faziam a manhã passar muito rápido.

Lembro que quando passei em jornalismo, lá pelos idos de 1989, entrei na Unicap na segunda entrada, ou seja, em agosto de 1990. E ao invés de ficar sem fazer nada por seis meses fui para a Clube com Edilson começar a conhecer as coisas, andar no ambiente, ver como tudo se processava. Acompanhava ele separando as notícias dos jornais que ia ler, colava-as nas folhas, ajudava a levar o material para o estúdio. Lembro que a primeira vez que tive que falar ao microfone foi para ler o nome de um ouvinte que havia sido contemplando num sorteio. Meu Deus!!!! Eu tremia inteira!!!!! kkkkkkkkkkkk Pense num aperreio de vida?! Quantos anos eu tinha? 18. De lá pra cá, muita coisa aconteceu e o microfone deixou de me assustar. (Mas não pensem que não vou tremer quando o programa começar segunda, tá?!)

E hoje agradeço à Deus a benção da vida, de ter tido um pai que pôde me inspirar profissionalmente e me dar apoio, por poder recomeçar. Essa nova fase de minha vida, dedico à você, Pai, porque sei que estás contente e feliz por mim e, tenho mais certeza ainda, vais estar comigo nesse início de desafio me inspirando como sempre. Uma vez você me disse, depois que voltou pra casa, que ainda íamos fazer muitas coisas juntos. Espero que elas estejam começando pra valer agora porque mais do que nunca vou precisar de seus conselhos, inspirações!!!

No mais, quero hoje mais uma vez agradecer também à minha família, aos amigos mais do que chegados, aos colegas, aos companheiros de trabalho (espíritas e jornalistas), enfim, MEU MUITO OBRIGADA por vocês existirem, tá?!!! Sem vocês, podem ter certeza, de que minha vida seria muitooooo chata!!! E agradecer também, e muito, aos amigos do lado de lá que nos dão suporte, carinho e "puxões de orelha" também. Haja TAC!!! (termo de ajustamento de conduta, kkkkk)

Bom, já são mais de 6h da manhã, o silêncio e a tranquilidade toma conta aqui do entorno do apartamento. Bom poder começar o dia assim, serena. Vamos ao dia?!!!  ;)

Um beijo grande meu povo e mais uma vez, obrigada por tudo!!


6 comentários:

  1. Parabéns mais uma vez, por essa nova empreitada em sua vida como jornalista, mas sei que competência você tem e muita! Não digo isso por gostar de você, mas por saber de sua competência em tudo que se propõem a fazer em sua vida. És mulher guerreira e profissional competente. Segunda estarei na CBN escutando sua voz linda, nos presenteando com todo o seu encanto, que só Alexandra Torres tem, como uma das mais perfeitas jornalistas Pernambucana! Sejas feliz e que o Pai Maior esteja contigo sempre... Marilia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela confiança e o carinho, Marília. bjs, flor.

      Excluir
  2. Que crônica gostosa de ler, querida... Nosso Pai é mesmo maravilhoso... nos dá de presente pessoas tão legais, tão especiais como você. Que sua caminhada seja coroada de bênçãos! Mesmo de longe, o meu carinho estará sempre presente! Um abraço carinhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Gabi, obrigada, viu? E saudades de ti, tb. bjs

      Excluir
  3. Parabéns novamente. Muito bonito o carinho que você tem por seu pai, amanhã faz dois meses que o meu retornou para o "eidos" como diria Platão. Mas a vida prossegue... Na segunda estarei lhe escutando na CBN.

    ResponderExcluir