terça-feira, 12 de novembro de 2013

É preciso calar ...

Sim, as vezes é preciso calar.
Calar a voz que sai para ouvir a voz que vem de dentro.
Sim, as vezes é preciso aquietar mente e corpo.

Nesse calar mergulho no meu eu.
Ouço sem medo minha voz interna.
Busco sentir seus anseios, busco conhecer suas metas.

No silêncio da casa,
ouço a voz do mundo. Do meu mundo.
E busco ficar em paz.

Aos poucos o pensamento viaja
e o sentimento vai junto,
em busca de outra alma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário