segunda-feira, 9 de março de 2015

Como definir saudade?


As vezes me pergunto o que danado é a saudade.
E quanto mais me questiono, mas me vejo sem resposta.
Porque saudade pode ser muita coisa
E também pode nada ser.

Em alguns momentos saudade é a lembrança gostosa de algo que valeu a pena.
Essa vem com sabor doce, aquece o coração.
Mas se essa lembrança é de algo ruim e que vem acompanhada de dor,
deixa gosto amargo na boca e aperto no peito.

Tem saudade de coisas que se viveu,
de gente que já morreu,
de gente que tá viva ,
de gente que fez ou faz bem pra gente.

Tem saudade de lugares,
de cheiros e sabores,
de mundos e cores,
que foram só seus.

Tem um tipo de saudade que é mais complicada.
Porque ela é saudade do que a pessoa já foi.
É a falta que se sente de si mesmo,
porque no meio do caminho da vida, se perdeu.

Mas como é que eu vou definir saudade
com palavras que nunca me darão seu sentido real.
Se saudade é algo que não se toca, se sente
num sentimento só seu?!


*Pintura de Duy Huynh

Nenhum comentário:

Postar um comentário