quinta-feira, 30 de abril de 2015

Azuis ...


O dia é azul.
O mar é azul.
A vida pode ser azul. 
Sentir pode ser azul. 
Amar pode ser azul. 
Se no azul me perco, eu emudeço. 
Me jogo na calma desse olhar azul. 
Serenos tons que enchem meus olhos, 
de uma tranquilidade intranquila. 
Que busca nesse mergulhar 
apenas asserenar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário